O recinto das festas

Os anos de 1982 e 1983 foram datas importantes nos festejos em honra da Nossa Senhora da Conceição. Foram retomadas as tradicionais festas e foi também construído um novo recinto de festas. Por iniciativa própria, o Senhor Manuel Cardoso de Sousa Vale resolveu submeter um artigo ao Jornal Notícias de Gouveia em agradecimento ao conterrâneo Senhor Agostinho da Fonseca. O artigo foi publicado, o qual é transcrito na íntegra:

“Festas da Nossa Senhora da Conceição em Vila Cortês da Serra

À semelhança do ano anterior, vão realizar-se este ano [1983], nos dias 13, 14 e 15 de Agosto, os tradicionais festejos em honra da Nossa Senhora da Conceição. Que os mesmo tenham o brilhantismo que tiveram o ano anterior, pois que, sem dúvida, estes deixaram na memória de todos quantos assistiram.

À comissão de festas de 1982, deixo uma palavra de louvor, não esquecendo também o trabalho voluntário de outros e ainda aqueles que com o seu donativo, tornaram possível, a grandeza e pujança das nossas festas. É sabido que a comissão deste ano, trabalha já com toda a sua vontade e energia, no sentido de este ano elas serem ainda melhores.

É de realçar já o melhoramento no recinto das festas, foi feito um palco coberto, uma enorme loja por baixo deste, com porta e gradeamento em ferro.

O recinto à esquerda de quem desce foi cimentado e colocado também um gradeamento em ferro.

Esta obra, que na opinião de alguns ronda centenas de contos, só foi possível graças ao nosso conterrâneo, Senhor Agostinho da Fonseca, o qual para o efeito fez deslocar uma equipa de pessoal técnico com o necessário material da sua firma no Algarve.

Membro da comissão de festas de 1983, cedo este nosso conterrâneo fez da actividade laboral a arma que o valorizou a ponto de ter dado corpo a uma actividade construtora, que para além de criar muitos postos de trabalho, também prestigia esta modesta terra que a todos nos viu nascer, e à qual Agostinho da Fonseca nunca deixou de se sentir ligado. Por tudo isto deixo desde já a ideia aos autarcas da nossa freguesia, que ao recinto seja dado o nome deste nosso estimado conterrâneo.”

Panorâmico do recinto das festas:

Localização
História
Eventos
Fotografias
Novidades
Mensagens
e-mail